O Portal do Geólogo
24/05/2024 13:19:10

Instabilidade na África do Sul pode fazer Anglo sair do país africano



Publicado em: 15/01/2013 15:52:00

 

A gigante Anglo American é uma das maiores mineradoras do mundo e o maior  grupo econômico da África do Sul. 

No entanto, hoje, apenas 37% dos seus ativos ainda estão em solo Sul Africano.  Esses ativos correspondem a 50% dos seus lucros globais.

Infelizmente para os acionistas da Anglo as tensões políticas na África do  Sul penalizam sobremaneira as ações do Grupo que são negociadas a desconto.  Analistas do HSBC já sugerem que a Anglo venda suas minas de platina (Amplats)  em um processo que pode terminar com a saída definitiva da Anglo da África do  Sul.

Essa ideia captura adeptos e o Merrill Lynch já preconiza que a Anglo seja  dividida em duas entidades sendo uma Sul Africana e a outra não.

Com certeza os Sul Africanos farão uma verdadeira guerra contra essa tendência  tentando evitar de todas as formas que o país venha a perder a sua maior  mineradora, dona da De Beers, Kumba, Amplats e Anglogold Ashanti, entre outras.

Uma das maiores preocupações da Anglo é o Projeto Minas-Rio no Brasil.

Desde o início o CAPEX do Minas-Rio, um dos projetos de minério de ferro mais  caros do mundo,  já se multiplicou por 5. Agora são 8 bilhões de dólares a  serem investidos em um projeto cujo produto poderá chegar ao porto acima dos  preços de mercado...

Os custos do projeto são tão sensíveis que a Anglo não poderá errar em  absolutamente nenhuma premissa sob pena de tornar Minas-Rio no maior loser da  sua história.

Possivelmente a solução seja fatiar e vender o Minas-Rio aos pedaços. Mesmo  assim muitos consideram que é mais fácil arrumar a casa no Minas-Rio do que na  Angloplats...

Seguindo essa mesma estratégia de stop loss ela vendeu recentemente os seus jazimentos de minério de ferro do Amapá, comprados de Eike Batista juntamente com o Minas-Rio,, ao investidor indiano Pramod Agarwal.

As coisas estão muito sérias no headquarter da Anglo.


Autor:   Pedro Jacobi - O Portal do Geólogo

 
12.000 ANOS DE ABANDONO  um livro de Pedro Jacobi

Caro usuário do Portal do Geólogo
Se você gosta de descobertas arqueológicas inéditas no meio da Amazônia vai gostar do livro que estou lançando. É um não ficção sobre uma pesquisa real que estou fazendo.

Com o avanço do desmatamento e com o auxílio da filtragem digital em imagens de satélites, descobri nada menos do que 1.200 belíssimas construções milenares, no meio da Amazônia — totalmente inéditas.

São obras pré-históricas, algumas datadas em 6.000 anos, incrivelmente complexas e avançadas — as maiores obras de aquicultura da pré-história que a humanidade já viu.
Neste livro você se surpreenderá com essas construções monumentais, grandiosas e únicas, feitas por aqueles que foram os primeiros arquitetos e engenheiros do Brasil.
Trata-se de importante descoberta arqueológica que vai valorizar um povo sem nome e sem história. Um povo relegado a um plano inferior e menosprezado pela maioria dos cientistas e pesquisadores.

Dele quase nada sabemos. Qual é a sua etnia, de onde veio, quanto tempo habitou o Brasil e que língua falava são pontos a debater.
No entanto o seu legado mostra que ele era: muito mais inteligente, complexo e tecnológico que jamais poderíamos imaginar.
Foram eles que realmente descobriram e colonizaram a Amazônia e uma boa parte do Brasil.
E, misteriosamente, depois de uma vida autossustentável com milhares de anos de uma história cheia de realizações eles simplesmente desapareceram — sem deixar rastros.
Para onde foram?

Compre agora!
O livro, um eBook, só está à venda na Amazon. Aproveite o preço promocional!

  

 


ferrosos mercados minex polemicos    734

Só para você: veja as matérias que selecionamos sobre o assunto:

Megaba:  o novo projeto de minério de ferro da Anglo no Gabão 21/12

Carvão: redução na China. Minas australianas podem parar 16/12

Nova tecnologia poderá revolucionar a extração de ouro no mundo 6/11

Anglo contra Eike Batista 14/10

Barro Alto deve produzir menos até 2016 27/9

Roger Agnelli ataca o Marco Regulatório da Mineração 24/9

Papa Francisco pede aos mineradores para cuidar do meio ambiente 19/9

África do Sul: greves continuam e afetam mineradoras de ouro 29/8

África do Sul: hora de reinventar 28/8

Grandes empresas de mineração erram em suas avaliações e causam prejuízos astronômicos aos investidores 20/8

Fosfato: Anglo American lucra no Brasil 31/7

Minas-Rio: Anglo acredita que nem tudo está perdido 29/7

Otimização: Anglo visa liberar US$3,5 bilhões em cash 27/7

Roger Agnelli ataca o Marco Regulatório da Mineração 26/7


O Portal do Geólogo

Geologia e Mineração contadas por quem entende

Desde 27/3/2003
As mais lidas
1 : Dele2maio2018 ...
2 : dele 4nov ...
3 : deletados abaixo100 28fev19 ...
4 : index ...
5 : MINEX ...
6 : Pesq-reconhecermeteorito ...
7 : aguahisteria ...
8 : deslizamentos ...
9 : aquecimento ou resfriamento ...
10 : halldafama ...
Raridade - Calcita Ótica âmbar
Raridade à venda: calcita ótica âmbar

Não entendeu a palavra?

Pesquise o termo técnico!




Pesquise no universo do Portal do Geólogo!

Digite uma palavra na caixa abaixo e estará pesquisando centenas de milhares de matérias armazenadas no nosso site.

 

 

palavra com mais de 2 letras
O Portal do Geólogo    Editor: Geólogo Pedro Jacobi