O Portal do Geólogo
23/7/2019 05:06:58

Mineração: em quem apostar as fichas?



Publicado em: 22/6/2016 16:18:00

Após crises de proporções mundiais as grandes empresas de mineração recomeçam a pensar em estratégias globais e investimentos futuros.

Até pouco tempo atrás, quase tudo que se produzia tinha apenas um destino certo: a China.

Apesar da China continuar a crescer e estarrecer existem, no horizonte, outros países que irão também, polarizar a economia do mundo.

Os mais óbvios são a Índia e a Indonésia, cuja população, somada à da China, corresponde a 40% da população total do planeta.

Hoje sabemos que em países em desenvolvimento bem gerenciados a população passa a ser a maior riqueza. Foi assim que a China criou um modelo de crescimento que a conduziu ao topo das maiores economias do mundo. E será assim que a Índia e a Indonésia irão se juntar as cinco maiores economias do mundo ainda nas próximas décadas.

É essa a aposta do CEO da BHP, Andrew Mackenzie. Ele é um dos que acredita piamente no conceito de “século asiático” onde, nos próximos cem anos, irão surgir economias em desenvolvimento que tornarão a Ásia na maior concentração de riqueza do mundo.

É, portanto, em países como a China (previsão de crescimento do PIB de 6,3% para 2016), Índia (7,5% ) e Indonésia ( 5%) que os grandes conglomerados da mineração e a maioria das grandes empresas globais irão apostar as suas fichas.

E, quando o assunto é mineração as fichas serão de ferro, cobre, carvão, petróleo, alumínio, lítio, terras raras e de metais básicos.

E onde o Brasil se encaixa nesta equação? Não se encaixa!

O mundo ainda está tentando entender se o Brasil voltará a crescer antes de 2017 e qual será a relevância da economia brasileira no mercado global futuro.

O maior problema do Brasil é a perda de imagem.

De um país bom pagador, a sétima maior economia mundial (rapidamente se transformando na quinta maior) foi rebaixado a mau pagador, entrou em recessão e tem quase doze milhões de desempregados em uma economia a beira da catástrofe.

Tudo isso em menos de quatro anos.

Enquanto o mundo cresce aceleradamente e as fichas estão sendo colocadas no tabuleiro mundial nós, alijados que fomos, iremos assistir de longe mais um boom.

Como espectadores, pois a nossa economia, segundo os otimistas, levará mais de 10 anos para se recuperar...




Autor:   Pedro Jacobi - O Portal do Geólogo

  

 


editoriais geologia minex vocesabia    37195
12.000 ANOS DE ABANDONO  um livro de Pedro Jacobi

Caro usuário do Portal do Geólogo
Se você gosta de descobertas arqueológicas inéditas no meio da Amazônia vai gostar do livro que estou lançando. É um não ficção sobre uma pesquisa real que estou fazendo.

Com o avanço do desmatamento e com o auxílio da filtragem digital em imagens de satélites, descobri nada menos do que 1.200 belíssimas construções milenares, no meio da Amazônia — totalmente inéditas.

São obras pré-históricas, algumas datadas em 6.000 anos, incrivelmente complexas e avançadas — as maiores obras de aquicultura da pré-história que a humanidade já viu.
Neste livro você se surpreenderá com essas construções monumentais, grandiosas e únicas, feitas por aqueles que foram os primeiros arquitetos e engenheiros do Brasil.
Trata-se de importante descoberta arqueológica que vai valorizar um povo sem nome e sem história. Um povo relegado a um plano inferior e menosprezado pela maioria dos cientistas e pesquisadores.

Dele quase nada sabemos. Qual é a sua etnia, de onde veio, quanto tempo habitou o Brasil e que língua falava são pontos a debater.
No entanto o seu legado mostra que ele era: muito mais inteligente, complexo e tecnológico que jamais poderíamos imaginar.
Foram eles que realmente descobriram e colonizaram a Amazônia e uma boa parte do Brasil.
E, misteriosamente, depois de uma vida autossustentável com milhares de anos de uma história cheia de realizações eles simplesmente desapareceram — sem deixar rastros.
Para onde foram?

Compre agora!
O livro, um eBook, só está à venda na Amazon. Aproveite o preço promocional!


Jacobi Consultoria
Minerador, quer negociar a sua área, ganhar dinheiro com a mineração, atrair sócios estrangeiros ou pesquisar os minérios em sua área? Por que esperar mais?

Só para você: veja as matérias que selecionamos sobre o assunto:

Será que já chegamos ao minimo Solar e a uma nova Mini Era Glacial? 3/5

Baixíssima atividade solar: cientistas apontam para a possibilidade de uma nova mini era do gelo em poucos anos 24/4



Mineração: as melhores apostas de 2016 20/1

A ameaça de Pasadena: a vez e a hora de Dilma Roussef 20/11

Trump pode ser o catalizador de um novo boom na mineração 10/11

Efeito Trump: Minério de ferro em alta recorde 11/10

Mineração & Brasil: o país do futuro? 29/9

Mineração: adicionar valor ou morrer tentando... 3/9

Conselhos ao geólogo recém-formado 8/9

Filipinas em guerra pelo meio ambiente 1/8

Mineração: quem vai tapar os buracos amanhã? 22/7

Brazil Resources supera 480% no ano: analistas apostam em 1.900% ainda em 2016 18/7

Mini Era Glacial? O que esperar do futuro próximo 7/1

O Portal do Geólogo

Geologia e Mineração contadas por quem entende

Desde 27/3/2003

Não entendeu a palavra?

Pesquise o termo técnico!




Pesquise no universo do Portal do Geólogo!

Digite uma palavra na caixa abaixo e estará pesquisando centenas de milhares de matérias armazenadas no nosso site.

 

 

palavra com mais de 2 letras
O Portal do Geólogo    Editor: Geólogo Pedro Jacobi