O Portal do Geólogo
14/8/2022 00:47:28

O que o Brasil tem a aprender com a Mongólia



Publicado em: 5/12/2013 18:25:00

A Mongólia viu os investimentos estrangeiros caírem quase 50%, tudo graças a aumento de taxas, cassação de licenças e a uma política intervencionista. Os mesmos pontos que estão sendo hoje debatidos em relação ao novo Marco Regulatório da Mineração Brasileira.
Aqui, por incrível que pareça estamos tentando seguir o modelo Mongol, com o Governo Brasileiro tentando empurrar, goela abaixo, uma pílula que vai acabar com a pesquisa mineral, afugentar investidores externos e tornar o controle sobre os negócios da mineração em uma verdadeira ditadura: o novo Marco Regulatório da Mineração.
Na Mongólia, por muito menos do que isso, o país está indo à bancarrota com investidores fugindo e as receitas caindo exponencialmente. Os sinais que vemos estão em todos os cantos, até nos recentes leilões do petróleo e gás que não mais estão atraindo os grandes investidores a arriscar no Brasil.  
Um bom exemplo do medo que esse tipo de regime intervencionista causa está ocorrendo agora na Mongólia onde a Turquoise Hill, a empresa que controla a super-mina de Oyu Tolgoi, faz uma nova emissão de ações. A Turquoise Hill, uma empresa de Robert Friedland e da Rio Tinto está tentando , com o lançamento de novas ações, levantar 2,4 bilhões de dólares para investir na mina de cobre e ouro da Mongólia. O projeto é um dos melhores do mundo em tamanho, teores e economicidade, mas tem um problema: está na Mongólia. A empresa, que já foi a queridinha das bolsas de valores, viu suas ações caírem 26% somente hoje.
O motivo?
Medo!
Os investidores estrangeiros não querem investir em países que mudam as regras do jogo durante o jogo, que aumentam os impostos sem pensar nas consequências que os aumentos causam nos mineradores e que controlam com mão de ferro todas as decisões importantes.
Se os nossos políticos abrirem os olhos eles perceberão que estão vendo um déjà vu do que nós iremos experimentar nos próximos anos no Brasil se o Código Mineral for aprovado como o Governo quer.
Estaremos curtindo o caos, ao lado da Mongólia, Bolívia e Venezuela, com os minérios e as riquezas ainda no chão e com o povo nas ruas.


Autor:   Pedro Jacobi - O Portal do Geólogo

 
12.000 ANOS DE ABANDONO  um livro de Pedro Jacobi

Caro usuário do Portal do Geólogo
Se você gosta de descobertas arqueológicas inéditas no meio da Amazônia vai gostar do livro que estou lançando. É um não ficção sobre uma pesquisa real que estou fazendo.

Com o avanço do desmatamento e com o auxílio da filtragem digital em imagens de satélites, descobri nada menos do que 1.200 belíssimas construções milenares, no meio da Amazônia — totalmente inéditas.

São obras pré-históricas, algumas datadas em 6.000 anos, incrivelmente complexas e avançadas — as maiores obras de aquicultura da pré-história que a humanidade já viu.
Neste livro você se surpreenderá com essas construções monumentais, grandiosas e únicas, feitas por aqueles que foram os primeiros arquitetos e engenheiros do Brasil.
Trata-se de importante descoberta arqueológica que vai valorizar um povo sem nome e sem história. Um povo relegado a um plano inferior e menosprezado pela maioria dos cientistas e pesquisadores.

Dele quase nada sabemos. Qual é a sua etnia, de onde veio, quanto tempo habitou o Brasil e que língua falava são pontos a debater.
No entanto o seu legado mostra que ele era: muito mais inteligente, complexo e tecnológico que jamais poderíamos imaginar.
Foram eles que realmente descobriram e colonizaram a Amazônia e uma boa parte do Brasil.
E, misteriosamente, depois de uma vida autossustentável com milhares de anos de uma história cheia de realizações eles simplesmente desapareceram — sem deixar rastros.
Para onde foram?

Compre agora!
O livro, um eBook, só está à venda na Amazon. Aproveite o preço promocional!

  

 


geologia polemicos vocesabia MINEX    844

Só para você: veja as matérias que selecionamos sobre o assunto:

  2013, um ano para ser esquecido 30/12

Novas regras para Terras-Raras aprovadas pelo Senado, mas CNEN ainda tem o monopólio 10/12

O Brasil vai virar um grande garimpo? 10/12

A mineração está chegando na Lua? 8/12

Adiada votação de hoje das propostas ao Marco Regulatório da Mineração. MRM só será votado em 2014 4/12

Ministra Gleisi: “O direito de prioridade é ruim” 2/12

Parece que agora sai: Código de Mineração deve ser votado no dia 10 28/11

  A influência das junior companies na exploração mineral e na economia de um país 26/11

Governo reconhece ser difícil votar o Novo Marco Regulatório da Mineração em 2013 26/11

MRN: sai o substitutivo – volta o direito de prioridade 11/11

Empresas junior canadenses resistem e surpreendem analistas 5/11

O Brasil e outros países do terceiro mundo planejam aumentar os impostos sobre  a produção mineral: mineradores começam a abandonar os seus projetos buscando novos mercados para investir 29/10

Como a cegueira política pode inviabilizar as nossas riquezas 27/10

Leilão de Libra: grandes petroleiras fogem do Pré-sal para investir nos folhelhos norte-americanos enquanto temos uma das maiores reservas inexploradas do mundo... 25/10


O Portal do Geólogo

Geologia e Mineração contadas por quem entende

Desde 27/3/2003
As mais lidas
1 : Dele2maio2018 ...
2 : dele 4nov ...
3 : deletados abaixo100 28fev19 ...
4 : index ...
5 : MINEX ...
6 : Pesq-reconhecermeteorito ...
7 : aguahisteria ...
8 : deslizamentos ...
9 : aquecimento ou resfriamento ...
10 : halldafama ...
Raridade - Calcita Ótica âmbar
Raridade à venda: calcita ótica âmbar

Não entendeu a palavra?

Pesquise o termo técnico!




Pesquise no universo do Portal do Geólogo!

Digite uma palavra na caixa abaixo e estará pesquisando centenas de milhares de matérias armazenadas no nosso site.

 

 

palavra com mais de 2 letras
O Portal do Geólogo    Editor: Geólogo Pedro Jacobi