O Portal do Geólogo
13/8/2020 23:45:31

O aquecimento Global: afinal quem é, realmente, o culpado?



Publicado em: 27/2/2013

O aquecimento Global: afinal quem é, realmente, o culpado?

por Pedro Jacobi

Esta será a primeira matéria sobre o assunto, visando esclarecer e informar o que, realmente, existe por trás do fenômeno do aquecimento global.

AQUECIMENTO GLOBAL SEGUNDO O PORTAL DO GEÓLOGO: QUEM É O CULPADO ?

Poucos dias atrás foi publicado o primeiro relatório sobre o "Global Warming" o aquecimento global. Trata-se de um assunto importantíssimo que prevê inúmeras catástrofes de proporções variadas que irão afetar o nosso Planeta Terra como um todo.

O relatório está sendo discutido em todos os fóruns e em todos os cantos do planeta, recebendo uma grande atenção da mídia e causando uma reação de medo, quase irracional, de muitos. Afinal as previsões são terríveis e até mesmo catastróficas.

Nós do Portal do Geólogo concordamos plenamente que o aquecimento global existe e que as perspectivas para os próximos milhares de anos simplesmente não são nada boas. No entanto convém esclarecer que a forma como o assunto está sendo divulgado é cheia de erros graves tanto na fundamentação como na interpretação.

O maior erro de tudo isso está no fato de colocar o Homem como o grande vilão e único responsável pelo "Global Warming" o decantado Aquecimento Global.

Será isso verdade?

Será que, mais uma vez, somos os únicos responsáveis pelas muitas desgraças que afetam o nosso mundo?

A resposta é NÃO!

O Homem é, realmente, culpado de quase tudo o que o relatório fala, da poluição, das emissões de gases e das agressões ao meio ambiente que aumentam o efeito estufa que, por sua vez, acelera o aquecimento global. Mas, como veremos a seguir o Homem NÃO é o grande responsável pelo aquecimento global como muitos querem crer. O aquecimento global é um fenômeno que se repete a, aproximadamente, cada 100.000 anos em ciclos que antecedem a influência nefasta do Homem.

É isso mesmo! O aquecimento global está ligado a história da Terra e vem se repetindo a milhões de anos conforme os geólogos e cientistas bem sabem.

É possível que você já saiba, pelo menos, de uma parcela da história que iremos contar. Afinal quase todos ouvimos falar sobre as eras do gelo, e das glaciações que afetaram o globo causando a formação de extensas calotas polares e dos seres que habitavam estas imensas áreas geladas. Pois é, se existiram várias eras do gelo é óbvio que existiram, também,  o mesmo número de eras de degelo ou de aquecimento global. Simples lógica...

A última glaciação terminou a, apenas 10.000 anos, um tempo reativamente curto na história do planeta. Nestes últimos milhares de anos o planeta vem se aquecendo gradativamente. Desde então o nível do mar já subiu mais de 120 metros, algo inimaginável por muitos. Com essas mudanças não só os mamutes, como um grande número de espécies, simplesmente desapareceram e foram extintas. Não há como evitar. Sempre que seres vivos enfrentam mudanças climáticas drásticas alguns, pouco adaptáveis, desaparecerão. Não será o caso do Homem... Veja você que até aí o Homem não pode ser responsabilizado.

Infelizmente o nosso conhecimento das variações climáticas é ainda incipiente. Até hoje, mesmo com o auxílio dos super-computadores, os meteorologistas não conseguem prever o que vai ocorrer com o tempo em 10 dias imagine em mil anos...  Modelos de projeções climáticas rodam em vários super-computadores ao redor do mundo. Mas quem conhece computação sabe que a qualidade dos resultados é diretamente proporcional a qualidade da entrada destes mesmos dados... Como nós simplesmente conhecemos muito pouco sobre o clima, sua complexidade e inter-relações é natural que os modelos sejam alimentados com dados díspares. Alguns cientistas estão afirmando que em 100 anos o planeta esquentará em 10 graus centígrados. Uma catástrofe. Outros, mais conservadores, estão ficando entre 1 a 5 graus em 100 anos. Outros, ainda, com modelos distintos acreditam que o aquecimento poderá se transformar em resfriamento... Onde está a verdade?

Infelizmente não temos a resposta certa quanto ao futuro. Mas a simples observação do passado nos dá provas evidentes que a Terra está em processo de aquecimento global nos últimos 10.000 anos e que isso deverá continuar com ou sem o auxílio do Homem por mais 20 a 40 mil anos.

A medida que conhecemos o planeta em maior detalhe se tornam evidentes as enormes complexidades relativas ao clima global suas causas e efeitos. O nosso conhecimento se torna cada vez mais impreciso a medida que retornamos ao passado quando as estações meteorológicas eram raras ou inexistentes. Ainda bem que é possível fazer uma avaliação das temperaturas existentes no passado por meio de estudos efetuados em isótopos de oxigênio retidos nas geleiras, em anéis das árvores ou em sedimentos depositados em lagos e mares pretéritos.

É por meio destes estudos que os geólogos conseguiram visualizar os ciclos de resfriamento e degelo que afetaram o Planeta de hoje até centenas de milhares de anos atrás. No gráfico abaixo é possível ver, com imensa clareza, 5 ciclos completos. Cada ciclo é composto por uma época de resfriamento (azul) que causou a formação de enormes geleiras (glaciações) e aumento das calotas polares, seguido por uma fase de aproximadamente 40.000-50.000 anos de aquecimento (o aquecimento global em vermelho) que reduzia o gelo e aumentava o nível dos oceanos. Estes ciclos devem ser repetidos nos últimos milhões de anos mas, infelizmente, podemos medir com precisão somente os últimos 500.000 anos.

Neste gráfico observa-se que estamos em uma fase de aquecimento global que afeta o planeta a mais de 10.000 anos.

 

Surpreso ou desapontado? Qualquer um ficaria ao ver que uma grande parte da informação sobre o assunto lhe foi usurpada.

O principal culpado dessa desinformação é, infelizmente, uma parte da mídia sensacionalista e profundamente desinformada que martela todos os dias sobre os efeitos do aquecimento global e pouco fala de suas causas reais.

O assunto já está sendo discutido a décadas nos meios científicos. A principal explicação foi desenvolvida pelo cientista Sérvio Milutin Milankovitch em 1938 que estudou a órbita da Terra ao redor do Sol. Ele percebeu que existem variações nesta órbita que irão gerar ciclos de 23.000, 41.000 e 100.000 anos que correspondem a ciclicidade observada no gráfico acima e que causam as épocas de glaciações e de aquecimentos globais (degelo).

São essas variações na órbita terrestre ao redor do Sol que causam extensos períodos de esfriamento seguidos por extensos períodos de aquecimento global...os "Ciclos de Milankovitch".

Os ciclos de Milankovitch podem ser, portanto, estendidos por milhões de anos no passado e no futuro, enquanto a órbita da Terra manter o padrão por ele observado.

Um fato portanto fica claro. Nós não somos os culpados do aquecimento global que estamos observando agora que realmente começou a mais de 10.000 anos atrás quando as emissões de dióxido de carbono causadas pelo Homem eram simplesmente inexistentes. Somos sim culpados de poluir e, conseqüentemente, aumentar o efeito estufa. Mesmo se o Homem parar de poluir a atmosfera o aquecimento global continuará inexoravelmente por mais algumas dezenas de milhares de anos.

 

Nota do Portal do Geólogo: É importante observar que nós não pensamos de forma nenhuma em aceitar ou abonar as barbaridades que o Homem vem fazendo com a natureza o objetivo desta matéria é o de esclarecer sobre um assunto importante.


Autor:   Pedro Jacobi - O Portal do Geólogo

 
12.000 ANOS DE ABANDONO  um livro de Pedro Jacobi

Caro usuário do Portal do Geólogo
Se você gosta de descobertas arqueológicas inéditas no meio da Amazônia vai gostar do livro que estou lançando. É um não ficção sobre uma pesquisa real que estou fazendo.

Com o avanço do desmatamento e com o auxílio da filtragem digital em imagens de satélites, descobri nada menos do que 1.200 belíssimas construções milenares, no meio da Amazônia — totalmente inéditas.

São obras pré-históricas, algumas datadas em 6.000 anos, incrivelmente complexas e avançadas — as maiores obras de aquicultura da pré-história que a humanidade já viu.
Neste livro você se surpreenderá com essas construções monumentais, grandiosas e únicas, feitas por aqueles que foram os primeiros arquitetos e engenheiros do Brasil.
Trata-se de importante descoberta arqueológica que vai valorizar um povo sem nome e sem história. Um povo relegado a um plano inferior e menosprezado pela maioria dos cientistas e pesquisadores.

Dele quase nada sabemos. Qual é a sua etnia, de onde veio, quanto tempo habitou o Brasil e que língua falava são pontos a debater.
No entanto o seu legado mostra que ele era: muito mais inteligente, complexo e tecnológico que jamais poderíamos imaginar.
Foram eles que realmente descobriram e colonizaram a Amazônia e uma boa parte do Brasil.
E, misteriosamente, depois de uma vida autossustentável com milhares de anos de uma história cheia de realizações eles simplesmente desapareceram — sem deixar rastros.
Para onde foram?

Compre agora!
O livro, um eBook, só está à venda na Amazon. Aproveite o preço promocional!

  

 


GEOAMBIENTE agua polemicos geologia    1128

Só para você: veja as matérias que selecionamos sobre o assunto:

 O que o fracking pode fazer pelo Brasil? 29/11

Sequestro de carbono: a salvação pode estar nos basaltos 27/11

Bons prenúncios: FTSE 100 perto de recorde histórico 22/11

Turmalina Paraíba, uma das gemas mais caras do mundo, pode estar se transferindo para a África 21/11

O Pleistoceno 12/11

O aquecimento global parou? 3/11

Leilão de Libra: grandes petroleiras fogem do Pré-sal para investir nos folhelhos norte-americanos enquanto temos uma das maiores reservas inexploradas do mundo... 25/10

Pausa no aquecimento global: faltam parâmetros na equação 24/9

Nova idade do gelo? Cobertura de gelo no Ártico aumenta 60% em apenas 1 ano!! 19/9

A contribuição da mineração no cotidiano de nossas vidas  19/8

Produção industrial chinesa cresce: petróleo em alta 11/8

Maioria das siderúrgicas chinesas preveem lucros no primeiro semestre 23/7

Estados unidos exportarão gás natural ao invés de carvão 13/5

Minério de ferro: preços podem estabilizar graças á produção de aço chinesa 9/4


O Portal do Geólogo

Geologia e Mineração contadas por quem entende

Desde 27/3/2003
As mais lidas
1 : Dele2maio2018 ...
2 : dele 4nov ...
3 : deletados abaixo100 28fev19 ...
4 : index ...
5 : aguahisteria ...
6 : deslizamentos ...
7 : MINEX ...
8 : halldafama ...
9 : aquecimento ou resfriamento ...
10 : Pesq-reconhecermeteorito ...
Raridade - Calcita Ótica âmbar
Raridade à venda: calcita ótica âmbar

Não entendeu a palavra?

Pesquise o termo técnico!




Pesquise no universo do Portal do Geólogo!

Digite uma palavra na caixa abaixo e estará pesquisando centenas de milhares de matérias armazenadas no nosso site.

 

 

palavra com mais de 2 letras
O Portal do Geólogo    Editor: Geólogo Pedro Jacobi