O Portal do Geólogo
8/12/2019 05:50:10

Exploração mineral: o seu projeto é seguro?



Publicado em: 10/5/2015 17:31:00

A exploração mineral é uma das áreas mais sensíveis no que diz respeito a danos potenciais à empresa que faz a pesquisa. É através da exploração mineral que são encontradas as jazidas que valem, frequentemente, bilhões e que mudam a história da empresa e do próprio país.

Estas empresas geralmente tem um setor destinado única e exclusivamente à geração de novos alvos. Esta unidade cria novos projetos e novas ideias que podem revolucionar o setor mineral.

Tudo o que diz respeito à geração de alvos e as etapas subsequentes da exploração mineral como mapeamentos geológicos, geofísicos, geoquímicos, sondagens, análises, cálculos de reservas, movimentos de pessoal e requerimentos de áreas passa a ser altamente confidencial.

O motivo é óbvio.

Uma fuga de informação antes que a empresa possa consolidar a sua posição de vantagem poderá significar a perda total, que muitas vezes supera a casa de bilhões.

Um excelente exemplo de estratégia preventiva foi a usada pela equipe da CRA, que havia descoberto diamantes em uma drenagem chamada Smoke Creek, em 1969, na Austrália.

A CRA sabia que a área era requerida e que os requerimentos iriam caducar em breve, ficando Smoke Creek para a empresa que requeresse primeiro.

No período entre a descoberta do diamante até o requerimento a CRA entrou em silêncio total. Ninguém mais falou ou mencionou a descoberta evitando assim a fuga de informações.

Na Austrália, para se requerer uma área é necessário que o requerente vá fisicamente ao local e coloque no chão os marcos que limitarão o pedido.

Foi então que a CRA mostrou que estava preparada para ganhar a corrida.

Alguns dias antes da data do requerimento, em outubro de 1979, eles compraram todos os mapas topográficos da região, alugaram todos os carros 4x4 disponíveis e todos os helicópteros existentes na região. E, para atrair a atenção de um possível competidor para outra região, a CRA requereu um grande bloco a 1.000km de distância.

Foi através desta estratégia bem planejada e executada que a empresa requereram a maior jazida primária de diamantes do planeta: o Lamproito de Argyle, que gerou dezenas de bilhões de dólares à Rio Tinto que acabou incorporando a CRA. Argyle continua em operação e ainda produz os mais espetaculares diamantes rosa do mundo.

Este é um caso onde a segurança bem planejada permitiu o sucesso e um lucro gigantesco à operadora.

Infelizmente, o que se vê não são exemplos como estes.

A cada dia que passa se torna mais fácil o roubo de informações vitais de empresas de exploração mineral.

É muito comum a venda de informações altamente confidenciais no mercado paralelo.

O seu projeto está protegido dessa ameaça? Veja a seguir...




Autor:   Pedro Jacobi - O Portal do Geólogo

  

 


geologia mercados minex vocesabia    3531
12.000 ANOS DE ABANDONO  um livro de Pedro Jacobi

Caro usuário do Portal do Geólogo
Se você gosta de descobertas arqueológicas inéditas no meio da Amazônia vai gostar do livro que estou lançando. É um não ficção sobre uma pesquisa real que estou fazendo.

Com o avanço do desmatamento e com o auxílio da filtragem digital em imagens de satélites, descobri nada menos do que 1.200 belíssimas construções milenares, no meio da Amazônia — totalmente inéditas.

São obras pré-históricas, algumas datadas em 6.000 anos, incrivelmente complexas e avançadas — as maiores obras de aquicultura da pré-história que a humanidade já viu.
Neste livro você se surpreenderá com essas construções monumentais, grandiosas e únicas, feitas por aqueles que foram os primeiros arquitetos e engenheiros do Brasil.
Trata-se de importante descoberta arqueológica que vai valorizar um povo sem nome e sem história. Um povo relegado a um plano inferior e menosprezado pela maioria dos cientistas e pesquisadores.

Dele quase nada sabemos. Qual é a sua etnia, de onde veio, quanto tempo habitou o Brasil e que língua falava são pontos a debater.
No entanto o seu legado mostra que ele era: muito mais inteligente, complexo e tecnológico que jamais poderíamos imaginar.
Foram eles que realmente descobriram e colonizaram a Amazônia e uma boa parte do Brasil.
E, misteriosamente, depois de uma vida autossustentável com milhares de anos de uma história cheia de realizações eles simplesmente desapareceram — sem deixar rastros.
Para onde foram?

Compre agora!
O livro, um eBook, só está à venda na Amazon. Aproveite o preço promocional!


Jacobi Consultoria
Minerador, quer negociar a sua área, ganhar dinheiro com a mineração, atrair sócios estrangeiros ou pesquisar os minérios em sua área? Por que esperar mais?



CLIQUE PARA CONTINUAR A LEITURA...             roubodigital

Só para você: veja as matérias que selecionamos sobre o assunto:

Ser Geólogo 6/8

Exploração mineral: por que investir em zinco? 17/1

Mineração & Brasil: o país do futuro? 29/9

Conselhos ao geólogo recém-formado 8/9

Mineração: quem vai tapar os buracos amanhã? 22/7

O dilema da Vale 20/6

Em busca da grafita 20/6

Corrida para a mineração espacial perde um ponto, mas prospecção mineral terrestre ganha dois 6/1

Minério de ferro: economia em alta faz mineradoras americanas reabrirem antigas minas 31/5

Geólogo parabéns! 30/5

Estudo em meteoritos mostra que oxigênio era abundante na atmosfera terrestre primitiva 5/11

Agora que decapitaram o Cunha será que vão aprovar o malfadado código mineral? 5/5

Mineradores americanos contra o galo silvestre 26/4

Delação mostra ex-ministro de Minas e Energia como captador de propina do PMDB 7/4

O Portal do Geólogo

Geologia e Mineração contadas por quem entende

Desde 27/3/2003

Não entendeu a palavra?

Pesquise o termo técnico!




Pesquise no universo do Portal do Geólogo!

Digite uma palavra na caixa abaixo e estará pesquisando centenas de milhares de matérias armazenadas no nosso site.

 

 

palavra com mais de 2 letras
O Portal do Geólogo    Editor: Geólogo Pedro Jacobi